Pular para o conteúdo principal

Marcela Temer e Crimes Eletrônicos

Por óbvio que se você assistiu à posse da nova Presidente do Brasil Dilma ou acessou a Internet no dia de hoje, foi fácil perceber que quem roubou a cena foi a esposa do novo Vice-Presidente da República (Michel Temer) chamada Marcela Tedeschi Temer.
Durante a cerimônia, verifiquei que ela estava em segundo lugar nos Trending Topics do Twitter, atrás somente de #possedilma, mas neste momento o assunto realmente é ela, já ocupando o primeiro lugar nos TTs do Brasil, jogando a Presidente Dilma para a segunda colocação.
Mas o nosso assunto aqui não é a beleza de Marcela Temer, mas tão somente o que o “povo” brasileiro já foi capaz de cometer de crimes eletrônicos em tão pouco tempo.
Inicialmente, logo durante a cerimônia, alguém já cometeu o crime previsto no artigo 307 “caput” do Código Penal, fazendo se passar por ela e com posts no Twitter que podem sem nenhuma sombra de dúvida vir a causar algum dano àquela pessoa.
Em breve pesquisa no Google, achei uma matéria com algumas fotos e uma matéria sobre ela no portal Terra. Ao passar os olhos pelos comentários, já percebemos alguns supostos crimes como:
- Injúria: Usuário cadastrado como “Doido” postou, às 20:20: verdadeira (v)(a)(g)(a)(b)(u)(n)(d)(a)
- Difamação: Usuário cadastrado como “Isa” postou, às 20:15: Coitada!!!!! Com um velho desse. Quer dizer, ela está se dando bem, afinal, casou por grana e fama.
- Calúnia: Contra Michel Temer e injúria contra ela de usuário cadastrado como “coitada” às 20:23: O dinheiro que ele surrupiou da gente comprou jatinho, apartamento em Paris, casa de luxo na praia, carrão importado e até essa PIS TO LEI RA.
Esses são apenas alguns exemplos, das centenas ou milhares já existentes, de como os usuários da Internet brasileira abusam da facilidade de acesso à informação e utilizam-se do falso anonimato da grande rede para, sem motivo algum, ofender a dignidade e a reputação de pessoas que não são do seu meio, cometendo crimes covardes e desnecessários.
É o que costumo chamar de “violência gratuita”, normalmente causada por sentimentos mesquinhos como a inveja, por exemplo. Fica aqui registrada a minha decepção com a população que cometeu, está cometendo e que continuará a cometer tais delitos em desfavor da esposa do Vice Presidente Michel Temer. Deixo registrado também o meu elogio à beleza e desenvoltura de Marcela Temer, que certamente será um dos assuntos mais falados em nosso país nos próximos dias.
A você leitor, eu peço uma coisa simples: vamos nos esforçar para fazermos uma Internet mais segura e respeitável.

http://www.rafaelcorrea.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 10 ameaças de segurança para 2011

Top 10 ameaças de segurança para 2011

 Dos dez principais ameaças de segurança para 2011, alguns deles até mesmo fazer o bem informado e técnicos mentes fracas nos joelhos. Já este ano, a ameaça número um foi identificado. Pela primeira vez na história da internet, os hackers podem comprar uma cópia registrada de um kit de Malware sofisticados para 99,00 dólares, mas mais sobre essa ameaça abaixo. Em nenhuma ordem particular, estes são os outros nove principais ameaças à segurança para 2011:
O Malware Toolkit: Este Kit Malware inclui todas as ferramentas necessárias para criar e atualizar o malware, bem como assumir o controle de um computador host, além de atualizações e-mail e suporte do produto. Por que isso é como a ameaça? Porque não são necessárias habilidades de codificação, os usuários simplesmente precisam dominar as opções do programa clicáveis e são apresentadas com uma web baseada em Linux exploit usando a mais recente tecnologia de botnets, pronto para implantar.
hacker…

Saiba como o Egito se desligou da web, e o que é feito para furar bloqueio

Internet foi criada para sobreviver a ataque nuclear, mas pode ser 'fechada'.
País tem rede pequena e provedores cooperaram com governo. Altieres RohrEspecial para o G1 Alguns telefonemas. É o que especialistas apostam ter sido suficiente para derrubar a internet no Egito. O país tem poucas das chamadas redes autônomas (AS, na sigla em inglês), que são as pequenas redes que, quando conectadas entre si, formam a internet. Existem ainda menos provedores internacionais que conectam o país. Desconectar o Egito, portanto, não foi difícil.
O Egito possui cerca de 3500 redes, mas apenas seis provedores internacionais.
Os quatro maiores provedores do Egito foram os primeiros a parar suas atividades após o pedido do governo. Os demais acabaram recebendo o tráfego extra, mas logo se viram sobrecarregados e também sob pressão até que o último provedor, Noor, foi desligado nesta segunda-feira (31). O Noor ligava companhias ocidentais à internet e também a bolsa de valores do país, que agora…

Lançamento da coleção "Investigação Criminal Tecnológica"

O delegado de polícia Higor Vinicius Nogueira Jorge lançou a coleção "Investigação Criminal Tecnológica", dividida em dois volumes.

O volume 1 aborda alguns procedimentos práticos de investigação criminal tecnológica, incluindo aspectos essenciais sobre infiltração virtual de agentes na rede mundial de computadores, informações sobre Uber, WhatsApp, Facebook, Twitter, Netflix, PayPal, Ebay, OLX, bem como ferramentas para investigação em fontes abertas e modelos de requisição, auto de materialização de evidências eletrônicas, representação de afastamento de sigilo eletrônico e relatório de investigação. 
O volume 2 oferece informações sintéticas sobre inteligência de Estado e Segurança Pública, incluindo informações sobre a história da inteligência no Brasil e no mundo, conceitos relacionados com Inteligência, Contrainteligência, Elemento Operacional, Doutrina Nacional de Inteligência de Segurança Pública, Metodologia da Produção do Conhecimento e Análise de Vínculos, técnic…