segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Edição sobre estelionato agora na Web

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

ESTÚDIO - Avanço do estelionato no meio eletrônico é comentado pelo Desembargador Fernando Botelho Neto.
ESTÚDIO - Avanço do estelionato no meio eletrônico é comentado pelo Desembargador Fernando Botelho Neto.











Já estão disponíveis na internet as reportagens sobre estelionato e que fizeram parte da edição especial do programa Justiça em Questão dedicada ao assunto. O material pode ser acessado no canal do JQ no Youtube. Na televisão, o programa vai ao ar, em rede nacional, pela TV Justiça, e pelas emissoras parceiras TV Horizonte e TV Comunitária, que o exibem na região metropolitana de Belo Horizonte.

No especial sobre o crime que também é conhecido pelo seu respectivo artigo no Código Penal do Brasil, o 171, o Justiça em Questão abordou algumas das diferentes formas de atuação de estelionatários. Além das reportagens, o programa contou com a participação do desembargador Fernando Botelho Neto, entrevistado pelo apresentador Marcelo Almeida no estúdio.

Já pelas ruas, os repórteres do programa foram conhecer de perto como as autoridades combatem este tipo de crime e as histórias de pessoas que se tornaram alvos de golpistas. A jornalista Fernanda Miguez explora como a Internet abriu espaço para o golpe eletrônico, mostrando como alguns criminosos conseguem obter dinheiro ilegalmente e de diferentes maneiras. Ela também explica como um Projeto de Lei promete apertar o cerco contra os cybercrimes.

Nem mesmo o mercado financeiro ficou a salvo da ação de estelionatários. É o que mostra a repórter Lígia Ribeiro, que revela como falsos investidores conquistam clientes oferecendo lucros e rendas fixas, acima do que é praticado pelo mercado. O esquema, que pode ruir da noite para o dia, levando clientes do lucro ao prejuízo, é o assunto desta matéria, a qual acompanhou a investigação de um caso semelhante em Minas Gerais.

Produzido pelo TJMG, o Justiça em Questão é exibido aos sábados, em três emissoras. Pela TV Justiça, nos canais 6 da Oi TV, 7 da NET, ou 117 da SKY, o JQ vai ao ar às 16h30. Outra opção é a TV Comunitária, canais 6 da NET ou 13 da Oi TV, onde o programa começa a partir das 13h. Já pela TV Horizonte, o JQ é transmitido a partir das 18h30 no canal 19 UHF em sinal aberto de TV.

Na internet, além do último programa, o telespectador pode conferir as edições anteriores no site


Críticas e sugestões podem ser feitas por meio do contato: justicaemquestao@tjmg.jus.br.
Extraído do site: http://lawyerbhz.blogspot.com/2011/02/edicao-sobre-estelionato-agora-na-web.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário