Pular para o conteúdo principal

PF faz ação contra pornografia infantil na rede


Policia FederalNo dia internacional da internet segura, o Ministério Público Estadual lançou ontem uma pesquisa nas escolas para conhecer os sites por onde as crianças andam navegando, enquanto a Polícia Federal colocou na rua a operação de combate à pornografia infantil na rede. Foram dez lan houses fiscalizadas, sendo cinco em Belo Horizonte e as outras em Juiz de Fora.
As lan houses foram escolhidas aleatoriamente pelos agentes federais que estavam à procura de materiais pornográficos nos computadores. Nenhum mandado de prisão ou busca foi cumprido. Na ação da PF, os donos das casas foram orientados quanto à procedimentos de segurança para evitar que suas lojas sejam utilizadas para o crimes virtuais. A operação foi realizada em diversas capitais do Brasil e em outros 65 países.
Essa mobilização alerta para um crime silencioso, cada vez mais comum. Segundo dados da ONG SaferNnet Brasil, que recebe denúncias de pedofilia e outros crimes cibernéticos, por mês são 700 denúncias de abuso contra crianças na rede. Em Minas, a Polícia Federal instaurou 23 inquéritos em 2010 para apurar a atuação de grupos internacionais de pedofilia na Web.
Preocupada com esse tipo de crime cada vez mais crescente, a promotora Vanessa Fusco Nogueira Simões, coordenadora da Promotoria Estadual de Combate aos Crimes Cibernéticos, cobrou além da vigilância dos pais, o envolvimento das escolas. Na campanha lançada ontem, o MPE fará uma pesquisa nas escolas públicas e privadas do Estado com o objetivo de diagnosticar a existência de política de segurança na internet dessas escolas.
Entenda
A atividade faz parte do Dia Internacional da Internet Segura promovido pela organização Insafe que resgata a segurança na rede mundial de computadores. Além do Brasil, a campanha é realizada em mais de 65 países, com apresentação de palestras e distribuição de material de cunho preventivo, utilizando-se o slogan: “É mais do que um jogo, é a sua vida”.
Por Douglas Couto – Super Notícia
Foto: Divulgação Polícia Federal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palavra de Especialista com Delegado Higor Jorge

Hoje, às 19:00, no programa de estreia "Palavra de Especialista", o diretor da ADPESP Rodrigo Lacordia recebe o delegado de Polícia, professor e palestrante Dr. Higor Vinícius Nogueira Jorge para um bate-papo sobre crimes cibernéticos, além de dicas e informações sobre direito e tecnologia. Assistam a entrevista em: https://youtu.be/p9FF98siWvg e também no Spotify.

Obra com comentários sobre mais de 70 leis criminais tem valor promocional para associados ADPESP - Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo

  A editora Juspodivm lançou a obra “Legislação Criminal Especial Comentada” elaborada por 24 delegados de polícia de todo o país, sendo 14 do estado de São Paulo. A coordenação é dos delegados Higor Vinicius Nogueira Jorge, de São Paulo, Joaquim Leitão Júnior, de Mato Grosso e William Garcez, do Rio Grande do Sul. O livro oferece comentários doutrinários e jurisprudenciais de forma objetiva, sobre mais de 70 leis criminais. Associados ADPESP podem comprar o lançamento com valor especial,  direto no site da editora Juspodivm. O cupom é válido até as 23:59 do dia 21 de maio . Para aproveitar o desconto, utilize o cupom ADPESP. A obra tem chamado a atenção do meio jurídico, sendo escrita pelos seguintes delegados e delegadas de polícia: – Antônio Flávio Rocha Freire – Bruno Fontenele Cabral – Everson Aparecido Contelli – Gabriela Madrid Aquino – Higor Vinicius Nogueira Jorge – Jakelline Costa Barros dos Santos – Joaquim Leitão Júnior – João Paulo Firpo Fontes – Joerberth Pinto Nunes – Kl

Lançamento de livros coordenados por Higor Jorge em São Paulo - Matéria do site da ADPESP

O restaurante da sede será palco do lançamento de três obras: “Manual de Educação Digital, cibercidadania e prevenção de crimes cibernéticos”, “Direito Penal sob a perspectiva da investigação criminal tecnológica”, do delegado Higor Jorge, e “Manual de investigação digital”, do delegado Guilherme Caselli. O evento acontece nesta quinta-feira, 12, de 12h às 15h, com a presença dos autores. Os associados ADPESP poderão adquirir as obras lançadas com valor promocional. Outros títulos Além das obras lançadas, também estarão disponíveis aos associados com valor promocional os livros “Manual de Interceptação Telefônica e Telemática”; “Fake News e Eleições – O Guia Definitivo”; “Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica”; “Tratado de Investigação Criminal Tecnológica” e “Legislação Criminal Especial Comentada” . AUTORES: ANTÔNIO CARLOS CÂNDIDO ARAÚJO BRENO EDUARDO CAMPOS ALVES CAIO NOGUEIRA DOMINGUES DA FONSECA DÁRIO TACIANO DE FREITAS JÚNIOR DENIZE DOS SANTOS