Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

Como proteger suas fotos íntimas no computador e no smartphone

Caso da atriz Carolina Dieckmann mostra a importância do cuidado com informações pessoaisiG São Paulo | A segurança de informações guardadas em computadores e smartphones voltou aos noticiários com o caso da atrizCarolina Dieckmann. Fotos privadas da atriz, incluindo algumas em que ela estava nua, foram parar em sites na internet e viraram caso de polícia. Leia também:Saiba o que fazer se suas fotos forem roubadas Foto: AgNewsCarolina Dieckmann teve fotos vazadas na internet e acionou a polícia para descobrir o autor do crime A possibilidade de isso acontecer com pessoas famosas é maior, já que elas são alvos naturais para quem quer ganhar dinheiro com chantagem. Mas o vazamento de fotos também pode ocorrer com pessoas comuns que não tomem as devidas precauções. A primeira e mais eficaz dica para evitar que fotos íntimas parem na internet é simplesmente não tirar fotos íntimas. Mas, por diversos motivos, muitas pessoas não seguem essa orientação.  Nesses casos, algumas medidas podem aum…

FBI convoca especialistas para a guerra cibernética

Por João Ozorio de MeloAssim caminha a humanidade: a Segunda Guerra Mundial foi substituída pela Guerra Fria (Cold War), que foi substituída pela Guerra ao Terror (War on Terror), que será substituída pela Guerra Cibernética (Cyberwar). "Em breve", disse o diretor do FBI, Robert Mueller, durante a conferência anual de profissionais da segurança cibernética, em São Francisco, Califórnia, na quinta-feira (1/3). "O crime cibernético está se tornando uma ameaça maior que o terrorismo. Será mais perigoso para os Estados Unidos do que a Al Qaeda", previu a maior autoridade de combate ao crime do país, de acordo com a CNN e oGlobalPost. Mueller (na foto) foi à conferência para mobilizar profissionais da segurança cibernética para a guerra cibernética. "Trabalhem conosco", ele disse, para estimular os profissionais da área a se tornarem colaboradores do FBI. As empresas detestam relatar falhas de segurança. De uma maneira geral, preferem resolver os problemas pri…

Câmara aprova tipificação de crimes cibernéticos

O projeto de lei que tipifica crimes cibernéticos no Código Penal foi aprovado nesta terça-feira pelo Plenário da Câmara dos Deputados. O texto, que segue para o Senado, prevê pena de reclusão de seis meses a dois anos e multa para quem obtiver segredos comerciais e industriais ou conteúdos privados por meio da violação de mecanismo de segurança de equipamentos de informática. O PL 2.793/11, cujo autor é o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), também prevê pena de reclusão (de seis meses a dois anos) e multa para a invasão de computadores, caracterizado como “controle remoto não autorizado do dispositivo invadido”. Essa pena poderá ser aumentada de 1/3 a 2/3 se houver divulgação, comercialização ou transmissão a terceiro dos dados obtidos. Para o crime de “devassar dispositivo informático" com o objetivo de mudar ou destruir dados ou informações, instalar vulnerabilidades ou obter vantagem ilícita, o texto atribui pena de três meses a um ano de detenção e multa. Será enquadrado no me…