Pular para o conteúdo principal

Delegado lança livro e fala na ACIJ sobre crimes pela internet‏


Atualizado 37/08/2012 às 14h00

Os empresários e a população em geral devem ficar cada vez mais atentos para não caírem nos golpes praticados pela internet. No que se refere ao comércio, esses golpes vem aumentando, com furtos de dados das empresas, clonagem de cheques e de cartões de créditos dos clientes e outras práticas criminosas, muitas vezes causando prejuízos aos donos de lojas.

A afirmação foi feita pelo presidente da ACIJ e do Sincomércio de Jales, Alexandre Rensi, no encerramento da palestra do delegado de polícia de Santana da Ponte Pensa, Higor Vinícius Nogueira Jorge, na última quinta-feira, dia 30, à noite, no anfiteatro da associação. Ele falou para os empresários e convidados durante o lançamento do seu livro “Crimes Cibernéticos – Ameaças e Procedimentos de Investigação”, que escreveu em parceria com o delegado Emerson Wendt, do Rio Grande do Sul.

Higor disse que o aumento desses golpes e outros crimes virtuais estão levando a algumas mudanças na legislação, inclusive no Código Penal, para que se aprovem mais leis em defesa da população. Existe um trabalho muito importante, segundo ele, de mobilização da sociedade, inclusive para que sejam aprovadas leis que criminalizem a invasão de computadores e outras ações que causam transtornos e constrangimentos para os usuários da internet.

Ao mesmo tempo, os advogados, a polícia, o Ministério Público, a magistratura e outros órgãos relacionados com a justiça têm procurado se especializar nesse sentido. Daí a sua contribuição e do seu colega gaúcho para suprir essa busca de informações. Ele informou que o seu livro é a primeira publicação em português que ensina os caminhos para a investigação desses crimes.

Higor explicou que a polícia tem condições de investigar esses golpes e difamações contra os internautas, como já vem fazendo com muito sucesso. As vítimas precisam apenas apresentar suas denúncias, para serem apuradas. Quem preferir, também pode se utilizar do site cert.br que aceita notificações de incidentes virtuais.

No livro, Higor e Emerson ensinam usar a internet com segurança, descrevem as principais ameaças via computador e explicam como as vítimas desses crimes devem proceder, envolvendo a polícia e a justiça, para se chegar aos criminosos.

Extraído do site: http://www.maisinterativa.com.br/noticias.php?id=2693

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palavra de Especialista com Delegado Higor Jorge

Hoje, às 19:00, no programa de estreia "Palavra de Especialista", o diretor da ADPESP Rodrigo Lacordia recebe o delegado de Polícia, professor e palestrante Dr. Higor Vinícius Nogueira Jorge para um bate-papo sobre crimes cibernéticos, além de dicas e informações sobre direito e tecnologia. Assistam a entrevista em: https://youtu.be/p9FF98siWvg e também no Spotify.

Obra com comentários sobre mais de 70 leis criminais tem valor promocional para associados ADPESP - Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo

  A editora Juspodivm lançou a obra “Legislação Criminal Especial Comentada” elaborada por 24 delegados de polícia de todo o país, sendo 14 do estado de São Paulo. A coordenação é dos delegados Higor Vinicius Nogueira Jorge, de São Paulo, Joaquim Leitão Júnior, de Mato Grosso e William Garcez, do Rio Grande do Sul. O livro oferece comentários doutrinários e jurisprudenciais de forma objetiva, sobre mais de 70 leis criminais. Associados ADPESP podem comprar o lançamento com valor especial,  direto no site da editora Juspodivm. O cupom é válido até as 23:59 do dia 21 de maio . Para aproveitar o desconto, utilize o cupom ADPESP. A obra tem chamado a atenção do meio jurídico, sendo escrita pelos seguintes delegados e delegadas de polícia: – Antônio Flávio Rocha Freire – Bruno Fontenele Cabral – Everson Aparecido Contelli – Gabriela Madrid Aquino – Higor Vinicius Nogueira Jorge – Jakelline Costa Barros dos Santos – Joaquim Leitão Júnior – João Paulo Firpo Fontes – Joerberth Pinto Nunes – Kl

Publicado o livro “Direito Penal sob a perspectiva da investigação criminal tecnológica”

POR QUE COMPRAR O LIVRO: DIREITO PENAL SOB A PERSPECTIVA DA INVESTIGAÇÃO CRIMINAL TECNOLÓGICA? O mundo fenomênico sofre, constantemente, influência da tecnologia em sua evolução e no seu aperfeiçoamento. Logo, esse fenômeno repercute, também, no âmbito criminal, visto que os delitos atuais contam com um componente que evolui a cada minuto, qual seja, o tecnológico (informático, inclusive). Assim, os conceitos de vestígio e o de corpo de delito ampliaram-se. Tal fato exige dos investigadores preparação e atualização constantes, visto que o criminoso, no atual estágio, pode voltar ao local do crime até mesmo virtualmente para prejudicar a obtenção de sinais que, em geral, não são mais observáveis de plano ou percebidos materialmente, no sentido tradicional. Trata-se de um desafio e a forma de enfrentá-lo tem na capacitação o suporte necessário. Para tanto, a presente obra, coordenada pelo jovem e competente Delegado de Polícia Higor Vinicius Nogueira Jorge, viabiliza a obte