Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2020

Associado ADPESP lança obra sobre enfrentamento à corrupção e tecnologia na investigação criminal

O delegado de polícia Higor Vinicius Nogueira Jorge, teve nova obra lançada pela editora Juspodvim. Trata-se do livro ‘Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica’, que conta com a participação de mais de 30 nomes entre delegados de polícia, advogados, promotor de justiça, desembargadora e outros especialistas em segurança pública e justiça.De acordo com Higor Jorge, a ideia de discutir o tema se deu a partir da publicação da obra ‘Tratado de Investigação Criminal Tecnológica’. Por meio das informações e procedimentos oriundos da experiência diária dos autores, o trabalho é segmentado em cinco eixos e “mostra os caminhos para aliar a investigação criminal tradicional e a investigação criminal tecnológica para potencializar o combate à corrupção”.A obra elucida ferramentas e mecanismos tecnológicos que têm por finalidade prevenir e enfrentar essa prática criminosa. O delegado afirma que esse tipo de crime “se faz presente em espaços como a máquina pública, por exempl…

Vídeo sobre o livro Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica publicado pela @editorajuspodivm

Comentários do delegado Higor Jorge sobre o lançamento da obra "Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica - Procedimentos, Fontes Abertas, Estudo de Casos e Direito Anticorrupção", pela editora Juspodivm. A obra contou com a coordenação de Higor Vinicius Nogueira Jorge, que é delegado de polícia no estado de São Paulo e recentemente coordenou a publicação, também pela editora Juspodivm, da obra “Tratado de Investigação Criminal Tecnológica” e escreveu o “Manual de Interceptação Telefônica e Telemática”, em parceria com Adair Freitas Júnior e Oleno Garzella. O livro “Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica” possui 576 páginas e contou com a participação de grandes referências da área no Brasil e em outros países, sendo seus autores delegados de polícia, policiais civis e federais, promotores, peritos, desembargadora, advogado e empreendedores da área da tecnologia e inteligência. O prefácio da obra ficou a cargo do delegado da Pol…