Pular para o conteúdo principal

Editora Juspodivm publicou Tratado de Inquérito Policial coordenado por Higor Jorge e Waldir Covino


A editora Juspodivm lançou a obra Tratado de Inquérito Policial, coordenada pelos delegados de polícia Higor Vinicius Nogueira Jorge e Waldir Antonio Covino Junior, com a finalidade de auxiliar a atuação de profissionais de todas as fases da persecução criminal, bem como oferece elementos para aqueles que estejam se preparando para carreiras policiais.

A obra possui 464 páginas e oferece profundas reflexões sobre o inquérito policial, seus impactos no enfrentamento da criminalidade e novas perspectivas sobre sua aplicação pelos seguintes autores: Anderson Pires Giampaoli, Camilo Pastor Veiga, Carlos Afonso Gonçalves da Silva, Édson Luís Baldan, Fernando David de Melo Gonçalves, Higor Vinicius Nogueira Jorge, Joaquim Leitão Júnior, Leandro Resende Rangel, Lucas Ferreira Dutra, Luís Gonzaga da Silva Neto, Luis Henrique Lima Pereira, Marcelo de Lima Lessa, Mauro Argachoff, Miguel Chibani Bakr Filho, Rafael Francisco Marcondes de Moraes, Renato Topan, Tiago Antonio Salvador, Tristão Antonio Borborema de Carvalho, Vitor Freitas Andrade Vieira, Waldir Antonio Covino Junior, Walter Martins Muller e William Garcez.

O livro pode ser adquirido nas melhores livrarias ou no endereço: https://www.editorajuspodivm.com.br/tratado-de-inquerito-policial-2023.

De acordo com o autor do prefácio da obra, Ruy Ferraz Fontes, “o presente trabalho oferece ao Delegado de Polícia informações consistentes e atualizadas sobre o papel que deve desempenhar no encalço da obtenção legítima do material mais precioso no deslinde das causas de interesse da sociedade: a “prova”. A estabilidade das relações sociais depende de um resultado eficiente da persecução executada pelo serviço de polícia judiciária, representada em nossa Pátria pelas Polícias Civis dos Estados e do Distrito Federal e pela Polícia Federal.

A coletânea oferece alternativas ao fato de que nem sempre é possível a determinação integral da verdade em relação aos eventos considerados, em tese, como delitos, mas informa que é possível nos aproximarmos de sua reconstituição (ainda que parcial) para permitir ao julgador uma decisão restabelecedora das consequências da lesão provocada pelo ato ilícito, em simetria com o episódio de interesse, ação esta que outorgará à sociedade uma resposta capaz de assegurar eventuais punições e sentimento de tranquilidade no trato social.

A obra traz em seu bojo algumas teorias importantes sobre o assunto em espécie, mormente aquelas que tratam do “sobrestamento” do boletim de ocorrência e da obrigação da Polícia Civil de organizar seus arquivos de maneira a permitir controle adequado.

Outra questão interessante lida com a visão, por vezes primitiva, de alguns autores importantes no cenário jurídico penal, que consideram o inquérito policial “peça meramente informativa”, cujo conteúdo seria repetido em juízo. Cada vez mais nos distanciamos desse conceito, diante da modernização de nossos aparatos e da evolução da vida em sociedade.

Outras questões abordadas nesta compilação referem-se às ideias sobre os direitos fundamentais da pessoa humana e da sociedade em confronto com a investigação policial, matéria importante a ser debatida para demonstrar o imparcial trabalho da Polícia Civil.

Não menos importantes são outros temas aqui abordados – aspectos atinentes aos atos infracionais, situações flagranciais, garantias individuais, investigação preliminar, prisões temporária, preventiva e outras medidas cautelares –, indispensáveis ao exercício das nossas funções, tornando a leitura desta obra insubstituível”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palavra de Especialista com Delegado Higor Jorge

Hoje, às 19:00, no programa de estreia "Palavra de Especialista", o diretor da ADPESP Rodrigo Lacordia recebe o delegado de Polícia, professor e palestrante Dr. Higor Vinícius Nogueira Jorge para um bate-papo sobre crimes cibernéticos, além de dicas e informações sobre direito e tecnologia. Assistam a entrevista em: https://youtu.be/p9FF98siWvg e também no Spotify.

Obra com comentários sobre mais de 70 leis criminais tem valor promocional para associados ADPESP - Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo

  A editora Juspodivm lançou a obra “Legislação Criminal Especial Comentada” elaborada por 24 delegados de polícia de todo o país, sendo 14 do estado de São Paulo. A coordenação é dos delegados Higor Vinicius Nogueira Jorge, de São Paulo, Joaquim Leitão Júnior, de Mato Grosso e William Garcez, do Rio Grande do Sul. O livro oferece comentários doutrinários e jurisprudenciais de forma objetiva, sobre mais de 70 leis criminais. Associados ADPESP podem comprar o lançamento com valor especial,  direto no site da editora Juspodivm. O cupom é válido até as 23:59 do dia 21 de maio . Para aproveitar o desconto, utilize o cupom ADPESP. A obra tem chamado a atenção do meio jurídico, sendo escrita pelos seguintes delegados e delegadas de polícia: – Antônio Flávio Rocha Freire – Bruno Fontenele Cabral – Everson Aparecido Contelli – Gabriela Madrid Aquino – Higor Vinicius Nogueira Jorge – Jakelline Costa Barros dos Santos – Joaquim Leitão Júnior – João Paulo Firpo Fontes – Joerberth Pinto Nunes – Kl

Entrevista com Higor Vinicius Nogueira Jorge no InteriorCast #90

InteriorCast #90 - Higor Vinicius Nogueira Jorge (Delegado de Polícia e Professor)