Pular para o conteúdo principal

Vídeo sobre o livro Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica publicado pela @editorajuspodivm

 


Comentários do delegado Higor Jorge sobre o lançamento da obra "Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica - Procedimentos, Fontes Abertas, Estudo de Casos e Direito Anticorrupção", pela editora Juspodivm. A obra contou com a coordenação de Higor Vinicius Nogueira Jorge, que é delegado de polícia no estado de São Paulo e recentemente coordenou a publicação, também pela editora Juspodivm, da obra “Tratado de Investigação Criminal Tecnológica” e escreveu o “Manual de Interceptação Telefônica e Telemática”, em parceria com Adair Freitas Júnior e Oleno Garzella. O livro “Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica” possui 576 páginas e contou com a participação de grandes referências da área no Brasil e em outros países, sendo seus autores delegados de polícia, policiais civis e federais, promotores, peritos, desembargadora, advogado e empreendedores da área da tecnologia e inteligência. O prefácio da obra ficou a cargo do delegado da Polícia Federal Márcio Adriano Anselmo que coordenou a atuação da Polícia Federal na Lava-Jato por muitos anos. De acordo com trecho do prefácio: “A obra marca um novo marco referencial importante a servir de fonte para os atores da persecução criminal. Todavia, o objetivo vai além, tratando de temas de interesse geral, sobretudo para agentes de controle da corrupção e sociedade civil organizada. Cada vez mais o controle social e imperativo de desenvolvimento das nações civilizadas. E compete a sociedade que paga seus impostos zelar pela sua boa aplicação visando o atingimento dos fins do Estado”. A apresentação foi elaborada pelo delegado da Polícia Civil Francisco Sannini Neto que é titular do primeiro setor criado para combater a corrupção no estado de São Paulo. Conforme constou na apresentação: “Como profissional da justiça e segurança pública, estou certo de que com este estudo o combate à corrupção ganha mais uma ferramenta essencial. Tendo em vista a experiência que nós adquirimos ao longo de nossa carreira, notadamente à frente do primeiro Setor Especializado no Combate aos Crimes de Corrupção, Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro (SECCOLD) do Estado de São Paulo, podemos assegurar, com ares auspiciosos, que a obra “Enfrentamento da Corrupção e Investigação Criminal Tecnológica” inaugura uma nova fase no estudo do tema e certamente será de grande utilidade aos operadores do Direito”. Higor Jorge destacou que a obra é muito importante por “oferecer soluções e procedimentos de investigação criminal tecnológica que podem ser utilizados pelos policiais civis e federais, além de outros integrantes da persecução criminal, como promotores, juízes e advogados, com o intuito de enfrentarem com eficácia a corrupção”. Outro aspecto importante é “apresentar mecanismos de fiscalização da administração pública, oriundos de fontes abertas, que podem ser utilizados por qualquer cidadão comprometido com a busca da probidade administrativa”. A obra foi dividida em quatro eixos, sendo eles: investigação criminal tecnológica aplicada no enfrentamento da corrupção; tecnologia, fontes abertas e prevenção da corrupção; casos concretos de aplicação da tecnologia no enfrentamento da corrupção; e tecnologia, medidas anticorrupção e direitos fundamentais. A obra pode ser adquirida no endereço: https://www.editorajuspodivm.com.br/enfrentamento-da-corrupcao-e-investigacao-criminal-tecnologica-procedimentos-fontes-abertas-estudo-de-casos-e-direito-anticorrupcao-2020. Mais informações sobre obras com temas correlatos podem ser obtidas no endereço: www.higorjorge.com.br/livros.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Palavra de Especialista com Delegado Higor Jorge

Hoje, às 19:00, no programa de estreia "Palavra de Especialista", o diretor da ADPESP Rodrigo Lacordia recebe o delegado de Polícia, professor e palestrante Dr. Higor Vinícius Nogueira Jorge para um bate-papo sobre crimes cibernéticos, além de dicas e informações sobre direito e tecnologia. Assistam a entrevista em: https://youtu.be/p9FF98siWvg e também no Spotify.

Obra com comentários sobre mais de 70 leis criminais tem valor promocional para associados ADPESP - Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo

  A editora Juspodivm lançou a obra “Legislação Criminal Especial Comentada” elaborada por 24 delegados de polícia de todo o país, sendo 14 do estado de São Paulo. A coordenação é dos delegados Higor Vinicius Nogueira Jorge, de São Paulo, Joaquim Leitão Júnior, de Mato Grosso e William Garcez, do Rio Grande do Sul. O livro oferece comentários doutrinários e jurisprudenciais de forma objetiva, sobre mais de 70 leis criminais. Associados ADPESP podem comprar o lançamento com valor especial,  direto no site da editora Juspodivm. O cupom é válido até as 23:59 do dia 21 de maio . Para aproveitar o desconto, utilize o cupom ADPESP. A obra tem chamado a atenção do meio jurídico, sendo escrita pelos seguintes delegados e delegadas de polícia: – Antônio Flávio Rocha Freire – Bruno Fontenele Cabral – Everson Aparecido Contelli – Gabriela Madrid Aquino – Higor Vinicius Nogueira Jorge – Jakelline Costa Barros dos Santos – Joaquim Leitão Júnior – João Paulo Firpo Fontes – Joerberth Pinto Nunes – Kl

Publicado o livro “Direito Penal sob a perspectiva da investigação criminal tecnológica”

POR QUE COMPRAR O LIVRO: DIREITO PENAL SOB A PERSPECTIVA DA INVESTIGAÇÃO CRIMINAL TECNOLÓGICA? O mundo fenomênico sofre, constantemente, influência da tecnologia em sua evolução e no seu aperfeiçoamento. Logo, esse fenômeno repercute, também, no âmbito criminal, visto que os delitos atuais contam com um componente que evolui a cada minuto, qual seja, o tecnológico (informático, inclusive). Assim, os conceitos de vestígio e o de corpo de delito ampliaram-se. Tal fato exige dos investigadores preparação e atualização constantes, visto que o criminoso, no atual estágio, pode voltar ao local do crime até mesmo virtualmente para prejudicar a obtenção de sinais que, em geral, não são mais observáveis de plano ou percebidos materialmente, no sentido tradicional. Trata-se de um desafio e a forma de enfrentá-lo tem na capacitação o suporte necessário. Para tanto, a presente obra, coordenada pelo jovem e competente Delegado de Polícia Higor Vinicius Nogueira Jorge, viabiliza a obte